24/mar/2021  Lisboa

30.º Relatório de Sustentabilidade

Henkel conta com 30 anos comprometida com a transparência e a sustentabilidade

  • A 30.ª edição anual do relatório de sustentabilidade da Henkel, posiciona-a como uma das poucas empresas do seu setor, e do ambiente DAX alemão, que pode olhar 30 anos para trás e mostrar o seu compromisso com a transparência e a sustentabilidade
  • A Henkel publicou o seu primeiro relatório em 1992 e, desde então, conseguiu alcançar grandes conquistas ambientais e de impacto social positivo
  • A empresa inclui no último relatório, publicado recentemente, os seus ambiciosos objetivos para a proteção do clima, a economia circular e o impacto social

Recentemente, a Henkel publicou o seu 30.º Relatório de Sustentabilidade, no qual detalha todas as suas conquistas e progressos no âmbito da sustentabilidade. Esta 30.ª edição do relatório, posiciona-a como uma das poucas empresas do seu setor, e do ambiente DAX alemão, que pode olhar 30 anos para trás e mostrar o seu compromisso com a transparência e a sustentabilidade. Para a Henkel, a sustentabilidade é um dos seus cinco valores corporativos e está totalmente enraizada no ADN da empresa. Manter um equilíbrio entre o sucesso económico, a proteção do meio ambiente e a responsabilidade social foi fundamental para a cultura corporativa da Henkel durante muitas décadas.

Histórico de 30 anos de relatórios de sustentabilidade

Foi em 1992 que a Henkel publicou o seu primeiro relatório específico de sustentabilidade denominado “Relatório do Meio Ambiente”, cujo principal objetivo era divulgar os princípios de proteção ambiental que a empresa estava a levar a cabo e mostrar o seu compromisso com o meio ambiente e a sua transparência na gestão nesta área.

“Nestes 30 anos, alcançámos marcos muito relevantes em termos de sustentabilidade e responsabilidade social, desde o lançamento do programa de voluntariado MIT em 1998, até à obtenção do selo de sustentabilidade DGNB Gold na fábrica de adesivos para a indústria aeroespacial em Montornés em 2020”, refere Elisenda Ballester, Diretora de Comunicação Corporativa da Henkel Ibérica. “A nossa estratégia de informação e de sustentabilidade também evoluiu paralelamente, e o Relatório de Sustentabilidade atual aborda uma ampla gama de temas que são importantes para as partes interessadas e para o sucesso do desenvolvimento do negócio”, acrescenta Elisenda Ballester. Esses temas vão desde a proteção das normas sociais e ambientais em toda a cadeia de abastecimento, até ao progresso em direção a uma empresa 100% positiva para o clima.

Objetivos claros na proteção do clima, economia circular e impacto ambiental

Em 2010, a Henkel definiu uma estratégia para a sustentabilidade a longo prazo até 2030, com base na criação de mais valor com menos recursos para permitir que a população mundial em crescimento viva bem, enquanto reduz a pegada global. Como parte desta estratégia de sustentabilidade global, a Henkel tem objetivos claros em três áreas específicas: a proteção climática, a economia circular e o impacto social.

Para reduzir as emissões de CO2 e limitar o aquecimento global, a Henkel persegue a sua visão a longo prazo de se tornar uma empresa 100% positiva para o clima até 2040. A empresa tem uma meta ambiciosa de reduzir a pegada de carbono da sua produção em 65% até 2025. A eficiência energética será continuamente melhorada e, em 2030, será utilizada apenas eletricidade proveniente de fontes renováveis. Além disso, a Henkel quer aproveitar o amplo alcance das duas marcas e tecnologias em todo o mundo para ajudar clientes, consumidores e fornecedores a reduzir as suas emissões de CO2. Depois de ajudar a economizar mais de 55 milhões de toneladas no período de cinco anos até 2020, a empresa continua a concentrar-se para atingir a meta de 100 milhões de toneladas até 2025.

A Henkel promove também ativamente o desenvolvimento de uma economia circular e persegue metas ambiciosas para as embalagens. A meta para 2025 é que 100% das embalagens da Henkel sejam recicláveis ou reutilizáveis*. No final de 2020, a empresa já tinha alcançado essa meta em cerca de 89% das suas embalagens. A Henkel trabalha constantemente para aumentar a proporção de material reciclado nas suas embalagens. Embora muitas das suas marcas já disponibilizem produtos com embalagens feitas a partir de material reciclado, a empresa pretende aumentar em 30% a proporção de plástico reciclado em todos os produtos de bens de consumo até 2025. No final de 2020, essa proporção era de cerca de 15%.

A luta contra a desigualdade social é um dos maiores desafios globais da atualidade. A pandemia da Covid-19 aumentou ainda mais essa desigualdade, atingindo os mais vulneráveis de forma particularmente forte. Deste modo, combater a pandemia tem sido uma tarefa particularmente relevante em 2020 e, por isso, a Henkel ampliou significativamente as suas ações de ajuda de emergência, lançando um programa de solidariedade global no ano passado. Com esse propósito, a Henkel tem o compromisso de ampliar ainda mais o seu impacto social positivo nas comunidades até 2025: através de fontes 100% responsáveis, envolvendo os seus mais de 50 000 funcionários, que foram formados com embaixadores da sustentabilidade, e ajudando a melhorar 20 milhões de vidas em todo o mundo.


*Excluindo os produtos adesivos cujos ingredientes ou resíduos podem afetar a reciclabilidade ou contaminar os fluxos de reciclagem.