• Portugal | Alterar site
  • Contact
  • Add to My Content
  • Share

8/abr/2019  Lisboa

Assembleia Geral Anual 2019

Foco no crescimento rentável e sustentável

  • Ano fiscal de 2018 com níveis recorde de lucros e rentabilidade
  • Registo de dividendos de 1,85 euros por ação preferencial proposta (+3.4%)
  • Bom progresso na implementação das prioridades estratégicas
  • Iniciativas de desenvolvimento reforçam compromisso de crescimento rentável
  • Confirmada perspetiva para o ano de 2019

Hoje, na Assembleia Geral Anual da Henkel, o CEO da Henkel, Hans Van Bylen, apresentou os principais desenvolvimentos do ano fiscal de 2018 e delineou o progresso na implementação das prioridades estratégicas da empresa. Além disso, enumerou as iniciativas de crescimento que a empresa tinha anunciado no início do ano. Com base no bom desempenho dos negócios da Henkel no ano fiscal de 2018, Hans Van Bylen anunciou o pagamento do maior dividendo da história da empresa. Ele confirmou também as perspetivas para o atual ano fiscal de 2019.

“A Henkel é financeiramente muito saudável. Em 2018, continuámos a gerar crescimento lucrativo para a Henkel. Alcançámos um bom crescimento orgânico, com novos máximos em lucros e rentabilidade. Foi por isso que propusemos à Assembleia Geral Anual, o um dividendo recorde de 1.85 euros por ação preferencial” disse Hans Van Byen. “Este é o resultado do compromisso dos nossos cerca de 53 000 colaboradores. A sua dedicação, espírito empreendedor e o foco no cliente são a base para o bem-sucedido desenvolvimento da nossa empresa em 2018. Por isso, em nome de todo o Conselho de Administração, gostaria de expressar a minha gratidão aos nossos colaboradores”.

A Dra. Simone Bagel-Trah, Presidente do Comité de Acionistas e do Conselho de Supervisão, agradeceu ao Conselho de Administração, bem como a todos os colaboradores pelo seu fantástico empenho no ano fiscal de 2018.

Hans Van Bylen e a Dra. Simone Bagel-Trah também agradeceram a Kathrin Menges pelo seu contributo na empresa. A trabalhar na Henkel há 20 anos, é membro do Conselho de Administração desde 2011, sendo responsável pelos Recursos Humanos, Serviços de Infraestruturas e Sustentabilidade. A partir de 9 de abril de 2019, Sylvie Nicol irá suceder a Kathrin Menges no Conselho de Administração.

Dividendos atingem novos recordes

O aumento dos dividendos em cerca de 3.4% para ambas as classes de ações para 1.85 euros por ação preferencial e 1.83 por ação ordinária foi proposto na Assembleia Geral Anual. “Estes representam novos máximos”, disse Hans Van Bylen. “Isto reflete o nosso compromisso em oferecer retornos apelativos para os nossos acionistas. Continuaremos esse caminho daqui para a frente”.

Por isso, a Henkel anunciou um aumento da largura de banda do índice de pagamento de dividendos para 30 a 40% (anteriormente de 25 a 35%).

Perspetivas para o ano fiscal de 2019

Comentando as expetativas para o contexto económico no ano fiscal corrente, Hans Van Bylen afirma: “Continuamos a operar num ambiente de mercado competitivo, que é caracterizado por incertezas e volatilidade. No geral, esperamos que os efeitos cambiais se tornem mais fracos no exercício do ano fiscal de 2019, em comparação com o ano anterior. Mais ainda esperamos um impacto negativo numa faixa percentual de um dígito. Podemos ainda antecipar um aumento no preço dos produtos numa faixa percentual de um dígito.

Ao mesmo tempo, Hans Van Bylen confirmou as perspetivas para o ano fiscal de 2019: a Henkel espera um aumento das vendas orgânicas entre 2 a 4%. A empresa espera para a margem EBIT ajustada uma média de 16 a 17% e um desenvolvimento EPS ajustado numa faixa percentual média única, abaixo do ano anterior em taxas de câmbio constantes.

Henkel 2020+: Implementação das prioridades estratégicas no bom caminho

“Estamos em busca de uma estratégia clara e a longo prazo para a Henkel: queremos gerar crescimento rentável e sustentável”, disse Hans Van Bylen. Para isso, a Henkel definiu quatro prioridades estratégicas: impulsionar o crescimento, acelerar a digitalização, aumentar a agilidade e financiar o crescimento. “Nos últimos dois anos, fizemos um progresso muito positivo na implementação da nossa estratégia e realizamos com sucesso iniciativas importantes em todas as áreas”.

Para alcançar oportunidade de crescimento adicionais, principalmente nos negócios de bens de consumo, e para acelerar, ainda mais, a transformação digital, a Henkel anunciou em janeiro que aumentaria anualmente os investimentos em cerca de 300 milhões de euros, a partir de 2019.

Compromisso claro para a Europa

Olhando para as eleições europeias em maio, Hans Van Bylen apelou para uma aparência únida na Europa: “A Europa é uma área económica com cerca de 500 milhões de pessoas. Temos um claro interesse numa Europa forte. É com isso que estamos comprometidos. Mesmo se houver muito a fazer e muito para evoluir. Assim, a Europa continuará a ter sucesso na competição internacional no futuro e a defender a paz e a prosperidade”.

Responsabilidade social

A Henkel ocupa há muitos anos uma posição de liderança no campo da sustentabilidade. Em 2018, as conquistas da Henkel foram novamente reconhecidas em diversos rankings e classificações. “O pensamento e as ações sustentáveis fazem parte da nossa cultura e valores corporativos. Vemos a ação sustentável como uma vantagem competitiva”, disse Hans Van Bylen.

Um foco particular está no uso responsável de plásticos. A Henkel estabeleceu metas ambiciosas nessa área. Para embalagens totalmente recicláveis e uma maior proporção de plásticos reciclados. A Henkel está também envolvida em várias iniciativas e parcerias internacionais. Estas incluem o “Plastic Bank” e a “Alliance to End Pastic Waste”. No entanto, Hans Van Bylen disse que a solução para este desafio só pode ser alcançada em conjunto.

Promovendo a diversidade

Comentando a importância da diversidade na Henkel, Hans Van Bylen disse “operamos em mais de 100 países em todo o mundo e promovemos a diversidade dentro da empresa. Para nós, ter uma força de trabalho diversificada é um claro fator de sucesso. Isso não se reflete apenas em diferentes nacionalidades e culturas, mas também na proporção de mulheres na nossa equipa. “Aqui, a Henkel ocupa uma posição de destaque no DAX”, disse Hans Van Bylen.