3/dez/2020  Düsseldorf / Alemanha

Commitment to meet the UN Paris Agreement 10 years earlyA Henkel compromete-se a alcançar 10 anos antes o objetivo estabelecido para 2050 no Acordo de Paris da ONU

Henkel une-se ao compromisso “The Climate Pledge” da Amazon e da Global Optimism

Com o objetivo de continuar a contribuir para a proteção do clima, a Henkel juntou-se ao “The Climate Pledge”, um compromisso internacional intersetorial cofundado pela Amazon e pela Global Optimism. Como signatária, a Henkel compromete-se a alcançar zero emissões líquidas de carbono anuais 10 anos antes do objetivo de 2050 estabelecido pelo Acordo de Paris da ONU, uma ambição alinhada com o objetivo a longo prazo da Henkel de se tornar uma empresa positiva para o clima em 2040.

“As alteações climáticas são um desafio global que requer a nossa ação coletiva. Na Henkel, queremos dar uma contribuição positiva para proteger o clima. Com base nas nossas conquistas até ao momento, e de acordo com os nossos objetivos para os próximos anos, estamos muito entusiasmados em nos unirmos e apoiar esta iniciativa”, explica Carsten Knobel, CEO da Henkel. “Em conjunto com a Amazon, a Global Optimism e restantes integrantes, estamos totalmente comprometidos em impulsionar um progresso tangível e tomar medidas conjuntas para limitar o aquecimento global”.

Para impulsionar o progresso da sustentabilidade, a Henkel desenvolve uma estreita colaboração ao longo de toda a cadeia de valor e tem trabalhado em estreita colaboração com a Amazon para promover a inovação sustentável para melhorar a experiência do cliente através de embalagens novas e sustentáveis, entre outras iniciativas.

“Ao assinar o “The Climate Pledge”, as empresas de todo o mundo estão a tomar medidas coletivas para proteger o nosso planeta dos impactos catastróficos das alterações climáticas”, refere Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon. “Damos as boas-vindas à Henkel ao nosso compromisso de ter zero emissões de carbono até 2040, uma década antes do estabelecido no Acordo de Paris. As empresas estão a demonstrar uma importante liderança ao ajudar a acelerar a transição para uma economia de baixo carbono e ao proteger o planeta para as gerações futuras”.

Forte compromisso e colaboração

O compromisso “The Climate Pledge” foi lançado em 2019 e visa unir as principais empresas mundiais num compromisso ambicioso e voltado para o futuro com as alterações climáticas. A Henkel é a décima segunda empresa a juntar-se a este compromisso. Como signatária, a Henkel contribuirá para:

  • Medir e reportar as emissões de gases de efeito estufa regularmente.
  • Implementar estratégias de descarbonização em linha com o Acordo de Paris através de mudanças e inovações reais nos negócios, incluindo melhorias de eficiência, energia renovável, redução de materiais e outras estratégias de eliminação das emissões de carbono.
  • Neutralizar quaisquer emissões remanescentes com compensações adicionais, quantificáveis, reais, permanentes e socialmente benéficas para atingir zero emissões de carbono líquidas anuais até 2040.

“Os especialistas indicam que temos uma oportunidade única de avançar e enfrentar a maior crise do nosso tempo, a crise climática. “The Climate Pledge” oferece às empresas a oportunidade de realizar ações coletivas para proteger o nosso planeta dos riscos associados às alterações climáticas”, explica Kara Hurst, Vice President of Worldwide Sustainability da Amazon. “Damos as boas-vindas à Henkel ao juntar-se a nós na luta contra as alterações climáticas enquanto construímos um futuro melhor para todos. Estamos também entusiasmados que a Signify, que alcançou a neutralidade de carbono no início deste ano, esteja a aderir a este compromisso com o objetivo de colaborar com os outros signatários e partilhar as melhores práticas”, acrescenta.

“O Acordo de Paris estabeleceu um roteiro planificador para todos os países, todas as empresas e todas as pessoas para enfrentar a crise climática, adotando medidas que garantam que não ultrapassemos os 1,5ºC do aquecimento global”, explica Christiana Figueres, antiga responsável das alterações climáticas da ONU, agora sócia fundadora da Global Optimism. “Ao aderir ao “The Climate Pledge”, estas empresas estão a demonstrar as suas ambições tanto para o futuro, como para a recuperação atual. As suas ações e investimentos estão a criar postos de trabalho muito necessários, a estimular a inovação, a regenerar o ambiente natural e a ajudar os seus consumidores a comprar produtos mais sustentáveis. O grupo crescente de empresas aderentes ao “The Climate Pledge” a agir de acordo com a ciência é motivo de otimismo”.

O progresso da Henkel para se tornar uma empresa positiva para o clima até 2040

O “The Climate Pledge” está alinhado com o objetivo a longo prazo da Henkel de ser uma empresa positiva para o clima até 2040. Como metas intermédias, a Henkel quer reduzir em 65% a pegada de carbono da sua produção até 2025 e em 75% até 2030, tendo o ano 2010 como base. A empresa pretende fazê-lo através da uma melhoria continua da sua eficiência energética e através da utilização de eletricidade de fontes renováveis. Em 2030, 100% da eletricidade será proveniente de fontes renováveis. Até 2040, a Henkel pretende converter todos os combustíveis fósseis restantes utilizados na produção em alternativas neutras para o clima e fornecer o excedente de energia neutra em carbono a terceiros. Alem disso, a Henkel quer aproveitar as suas marcas e tecnologias para ajudar clientes, consumidores e fornecedores a poupar 100 milhões de toneladas de CO2 num período de 10 anos, de 2016 a 2025.

Juntar-se ao “The Climate Pledge” é mais um passo no compromisso da Henkel para agir e reduzir a sua pegada ambiental. A empresa assinou recentemente um contrato de compra de energia virtual em grande escala (VPPA) relacionado com um novo parque eólico no Texas. A capacidade acordada é igual a 100% da necessidade de eletricidade das operações da Henkel nos Estados Unidos.

No início deste ano, os objetivos de redução de emissões da Henkel baseadas na ciência foram aprovadas pela iniciativa Science Based Targets (SBTi) como consistentes com os níveis exigidos para cumprir os objetivos do Acordo de Paris. A iniciativa Science Based Targets da CDP, o Pacto Mundial da ONU, o Instituto de Recursos Mundiais e o Fundo Mundial para a Natureza (WWF) definem e promovem as melhores práticas no estabelecimento de objetivos baseados na ciência e avalia de forma independente os objetivos das empresas.