19/abr/2022  Düsseldorf / Alemanha

Conflito na Ucrânia

Henkel encerra os seus negócios na Rússia

No seguimento dos atuais desenvolvimentos da Guerra na Ucrânia, a Henkel decidiu encerrar as suas atividades na Rússia. O processo de execução está a ser preparado neste momento. A Henkel vai trabalhar em estreita colaboração com as suas equipas na Rússia para garantir que o processo decorre da melhor forma.  Durante esse período, os 2.500 colaboradores da Henkel na Rússia irão continuar a estar empregados e a receber os seus salários. O inevitável impacto financeiro para a Henkel resultante desta saída planeada não pode ser quantificado neste momento.

"A Henkel condena o ataque russo contra a Ucrânia e a violência contra civis inocentes. A nossa prioridade continua a ser fazer tudo ao nosso alcance para apoiar os nossos colegas na Ucrânia”, afirma Carsten Knobel, CEO da Henkel. “Estamos a fornecer um forte apoio aos nossos colaboradores na Ucrânia e países vizinhos através de doações financeiras, bem como doações de alimentos e materiais. Muitos colaboradores da Henkel estão também a ajudar nas fronteiras distribuindo bens de primeira necessidade e oferecendo um lugar para ficar a quem chega da Ucrânia.”