10/nov/2021  Lisboa

Pioneiros em sustentabilidade nos setores de grande consumo e industrial

Os marcos de sustentabilidade de uma empresa líder: Henkel Ibérica comemora 50 anos a apostar no meio ambiente

  • Desde a sua chegada ao mercado português, o equilíbrio entre o sucesso económico, a proteção do meio ambiente e a responsabilidade social tem sido fundamental para a empresa
  • A Henkel aposta na inovação ao desenvolver produtos sustentáveis nas suas três unidades de negócio, promovendo assim o progresso em direção a uma economia circular

Durante 2021, a Henkel está a comemorar. Passaram 50 anos desde que a multinacional alemã se estabeleceu no mercado português, onde começou a operar em 1970. Desde então, a empresa tem mostrado o seu grande compromisso com a sustentabilidade, contribuindo de forma significativa para as várias práticas realizadas, tanto ao longo de toda a cadeira de valor, como através de iniciativas de Responsabilidade Social Corporativa. E é que, para a Henkel, a sustentabilidade é um dos seus cinco valores corporativos e está totalmente enraizada no ADN da empresa. Manter um equilíbrio entre o sucesso económico, a proteção ambiental e a responsabilidade social tem sido o principal fator que tem permitido à empresa continuar a crescer até aos dias de hoje e a ocupar posições de liderança nos três mercados em que opera.

Inovação sustentável, para os lares e para o planeta

Desde 1970, a Henkel Ibérica lançou numerosos produtos inovadores que, para além de romperem os padrões do mercado, também significaram um progresso para a sustentabilidade e para o meio ambiente. Em 1970, e sob a marca Pritt, a Henkel lançou em Portugal a primeira cola em stick do mundo, facto que foi uma inovação para o mercado, tanto pelo seu mecanismo, como pela sua fórmula, uma vez que continha uma elevada percentagem de ingredientes de origem natural e isenta de solventes. Atualmente, essa percentagem já é de 97% e a sua embalagem é feita com 65% de plástico reciclado pós-industrial. Entre outros lançamentos sustentáveis da unidade de negócio de Adhesive Technologies da Henkel, destaca-se também o corretor ECOmfort em 2010, com um involucro feito com 89% de materiais renováveis; ou o desumidificador Rubson, feito com 60% plástico reciclado em 2020. Ainda no setor industrial, a Henkel promove soluções sustentáveis como absorventes de som de aplicação líquida, tecnologia que reduz ruídos e vibrações nos automóveis, além de conseguir que a carroçaria seja 20% mais leve, facto que implica menor consumo de combustível e, portanto, emite menos CO2.

Também a unidade de negócio de Laundry & Home Care da Henkel Ibérica tem inúmeros exemplos de inovações sustentáveis nestes 50 anos de história. Em 1974 foi lançado o Sonasol Verde, um multiusos que permitia, com um único produto, limpar as diferentes divisões da casa e que tanto contribuiu para o sucesso da marca. Em 1990, a Henkel começou a comercializar Persil no mercado português; a marca, reconhecida por desenvolver o primeiro detergente sem fosfato, tem trabalhado para reduzir o seu impacto no meio ambiente. Exemplo disso é a sua fórmula recentemente melhorada, Active Cleaning Plus, que é eficaz mesmo em água fria e a sua embalagem 100% reciclável, ou o seu último lançamento em cápsulas, Persil Power Caps, que são muito práticas, fáceis de transportar e armazenar, com a dosagem certa para cada utilização e com uma embalagem amiga do ambiente.

A Henkel não ficou para trás no mercado dos cosméticos, em que a tendência para os produtos sustentáveis e naturais aumentou exponencialmente nos últimos anos. A unidade de negócio de Beauty Care lançou, em 1991, a coloração capilar à base de plantas Igora Botanic, sob a marca Schwarzkopf Professional, apostando desde então em produtos sustentáveis e formulados à base em ingredientes de origem natural. Entre as soluções sustentáveis mais recentes desta unidade de negócio destacam-se: a marca de cabeleireiros profissionais Authentic Beauty Concept, baseada em fórmulas veganas e cujas embalagens são recicláveis (2019); o relançamento das embalagens Gliss, que são 100% recicláveis e feitas com até 97% de materiais reciclados (2021); o lançamento da marca Nature Box com diferentes variedades de champôs em formato sólido, que ajudam a reduzir a utilização de plástico, para além de possuírem fórmulas veganas, sem sulfatos, silicones ou corantes artificiais (2021); e o desenvolvimento dos Beauty Sticks da marca Diadermine, feitos com 98% ingredientes de origem natural e embalagens feitas a partir de 100% plástico reciclado.

A sustentabilidade foi sempre um pilar fundamental para a Henkel e está enraizada no ADN da empresa desde a sua fundação. É por isso que em 1992 a Henkel publicou o seu primeiro Relatório de Sustentabilidade; e em 2021, a empresa publicou a 30.º edição deste documento que reúne os seus progressos e iniciativas de Responsabilidade Social Corporativa. Isto posiciona a Henkel como uma das poucas empresas do seu setor e do ambiente Dax alemão que pode olhar 30 anos para trás e mostrar o seu compromisso com a transparência e a sustentabilidade.